Neste ano foram defendidas 5 teses.

Útlima atualização 16/07/2021

 

Ana Luiza Henriques Tinoco Machado

Título: A interface entre sintaxe e pragmática na resolução de ambiguidade intrassentencial em português brasileiro e inglês australiano

Orientador:Prof(a). Dr(a). Aniela Improta França

Coorientador:Marcus Maia

Páginas: 195


RESUMO

Esta tese tem como objetivo principal contrastar a correferência intrassentencial em Português do Brasil (PB) e no Inglês Australiano (IA). Um outro objetivo é verificar como a correferência intrassentencial se relaciona com outras características sintáticas e discursivas nessas duas línguas e quais estratégias e vieses guiam os falantes durante a resolução online de casos de correferência que suscitam ambiguidade. As hipóteses levantadas para meu trabalho são de que (i) havendo múltiplos fatores que levarão à resolução de ambiguidade, os fatores sintáticos são aplicados primeiro; (ii) como as duas línguas estudadas – PB e IA – são parametricamente diferentes quanto ao sujeito, sendo que PB aceita sujeito nulo e IA não, encontraremos estratégias diferentes de resolução de ambiguidade e uma dinâmica diferente de cada língua para incluir informações pragmáticas na resolução. Nessa tese foram aplicados três experimentos. Dois foram realizados em PB com a metodologia de eyetracking nos Laboratórios Acesin e Lapex e o terceiro, em IA, foi feito com leitura automonitorada e aplicado na Australian National University (ANU) durante o meu estágio doutoral em 2018. A variável independente desses três experimentos é a mesma: a semântica verbal, em três níveis: (i) com viés favorecendo a retomada pronominal com o sujeito; (ii) com viés favorecendo a correferência com o objeto; (iii), sem viés, neutra, de forma que a correferência poderia se dar com o sujeito ou com o objeto da oração principal. As medidas on-line dos Experimentos 1 e 2 foram (i) tempos de leitura total da frase, (ii) tempos totais de fixação por segmento; (iii) tempos de segunda passagem nas regiões de interesse, que são o sujeito e o objeto da primeira oração, o verbo, o objeto da segunda oração e o locativo da segunda oração, revisitados, tanto da direita para a esquerda quando da esquerda para a direita durante a leitura das sentenças e, finalmente (iv) a duração da primeira passada. Quanto às medidas off-line, elas corresponderam aos índices de acerto dos participantes em relação a perguntas de compreensão sobre cada item experimental. Já a medida on-line do Experimento 3 é o tempo de leitura de cada segmento; e a medida off-line são os índices de resposta dos participantes em relação a perguntas de compreensão sobre os itens experimentais. Os resultados dos testes aplicados mostram o quanto a correferência é um dispositivo cognitivo complexo que conta com diversos fatores no âmbito da sintaxe, da semântica, da pragmática e do discurso. Em busca de um modelo que dê conta da correferência pronominal e seu sincretismo cognitivo, foram analisados diferentes modelos de restrições. No entanto, nem um modelo que seja sempre moldado por restrições sintáticas nem outro que seja moldado pela semântica dos eventos deram conta em si de explicar os resultados online do processamento de estímulos de correferência intrassentencial que foram utilizados nesses experimentos em português e em inglês. Dessa forma, esse trabalho propõe uma análise interativa e que leva em conta um sistema de influências complexo e multifatorial que depende dos parâmetros de cada língua e que pode, assim, à luz deles capturar em tempo real a entrada dos fatores no processamento da correferência.

Palavras-chave: Correferência, Comparação linguística, Processamento


ABSTRACT

The main objective of this thesis is to compare anaphoric coreference in Brazilian Portuguese (BP) and Australian English (AE). Another goal is to verify how does coreference relates to other syntactic and discursive characteristics in these two languages, which strategies and biases guide speakers during the online resolution of ambiguous coreference sentences. My hypotheses are that (i) there are multiple factors that will lead to the resolution of ambiguity, the syntactic factors are applied first; (ii) as the two languages studied are parametrically different once BP accepts null subject and AE doesn’t, we will find different resolution strategies and different dynamics for each language to include pragmatic information in the resolution. Three experiments were applied. Experiments 1 and 2 were in BP with the eyetracking methodology at Acesin and Lapex Labs. Experiment 3, in AE, was done with self-monitored reading and applied at Australian National University (ANU) during my doctoral internship in 2018. The independent variants are the same for the three experiments: the verbal semantics, on three levels: (i) with bias favoring the pronominal resumption with the subject; (ii) with bias favoring coreference with the object; (iii), without bias, neutral, so the coreference could occur with the subject or the object of the main clause. The results show coreference as a complex cognitive device that has several factors in the scope of syntax, semantics, pragmatics, and discourse. In search of a model that accounts for anaphoric coreference and its cognitive syncretism, different models of constraints were analyzed. However, neither a model that is always shaped by syntactic constraints nor one that is shaped by the semantics of events was able to explain the online results of the sentence processing in these experiments in Portuguese and in English. In this way, I propose an interactive analysis that considers a complex and multifactorial system of influences that depends on the parameters of each language and captures the input of factors in the processing of correspondence in real time.

Keywords: Anaphoric Coreference, Linguistic Comparison, Language Processing

Andreia Cardozo Quadrio

Título: Análise construcional da segmentação na escrita

Orientador:Prof(a). Dr(a). Maria Cecília de Magalhães Mollica

Páginas: 142


RESUMO

A pesquisa volta-se para os processos de hipossegmentação e hipersegmentação na escrita, a exemplo de ‘oque’, ‘derrepente’, ‘concerteza’, ‘afim de’, ‘tam bém’, ‘com pulsória’, entre outros. Tais registros são comuns na escrita de alunos típicos e atípicos – discentes que apresentam laudo médico de transtornos que interferem na aprendizagem, como dislexia e Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) – da Educação Básica, inclusive em etapas mais adiantadas como o Ensino Médio, quando se espera que (quase) todos os problemas ortográficos referentes à segmentação de palavras estejam sanados. O foco do estudo consiste na compreensão desses processos de hipossegmentação como epifenômeno, sob a perspectiva funcionalista, mais especificamente da gramática das construções baseada no uso, e dos processos de hipersegmentação como resultados de hipercorreção por parte dos sujeitos de pesquisa. A partir de análise apurada dos dados e com base nos referenciais teóricos abordados, levantam-se as seguintes hipóteses: (a) Ocorrências de HIPER são produtos de hipercorreções sob pressões de uso; (b) Há ocorrências de HIPER que se justificam por meio de suposições estruturais, como ‘já mais’ e ‘com pulsória; (c) As ocorrências de HIPO como ‘tenque’, ‘oque’, ‘concerteza’, ‘derrepente’, entre outras, podem ser consideradas chunks; (d) Ocorrências de HIPO como ‘derrepente’, ‘oque’, ‘agente’, ‘concerteza’ apresentam menor analisabilidade, perdendo, portanto, a composicionalidade; (e) Casos de HIPO como ‘derrepente’, ‘concerteza’, ‘oque’ tendem à construcionalização; (f) Ocorrências de HIPO construcionalizadas como ‘concerteza’, ‘oque’, ‘derrepente’ e ‘agente’ (pronominal), devido à frequência token, tendem a se firmar na língua; (g) Os casos tanto de HIPO, quanto de HIPER são de motivação gramatical. Aprofunda-se a análise de modo a refinar a classificação dos casos de hipossegmentação e hipersegmentação, recorrendo a textos de escrita espontânea do Português do século XIX, com o intuito de verificar a tendência que a língua apresenta de ora unir segmentos, ora separá-los, como já ocorreu com alguns vocábulos como, a título de exemplo, ‘portanto’ e ‘embora’. Abordam-se inclusive os casos em que a segmentação não- convencional assume papel funcional na escrita de letrados, comprovando a plasticidade a que a língua tende.

Palavras-chave: Segmentação, Construcionalização, Mudança e Variação.


ABSTRACT

The research focuses on the hyposegmentation and hypersegmentation processes in the writing of Brazilian Portuguese, such as ‘oque’, ‘derrepente’, ‘concerteza’, ‘afim de’, ‘tam bém’, ‘com pulsória’, among others. Such records are common in writing for Elementary School and High School typical and atypical students – students who present a medical report of disorders that interfere with learning, such as dyslexia and Attention Deficit Hyperactivity Disorder (ADHD) –, when it is expected that (almost) all orthographic problems related to word segmentation will be healed. The focus of this study is the understanding of these hyposegmentation processes as epiphenomenal, from the functionalist perspective, more specifically from the Usage-based Construct Grammar, and the hypersegmentation processes as results of hypercorrection by the research subjects. From the pilot analysis and based on the theoretical references discussed, the following hypotheses arise: (a) Occurrences of HIPER are products of hypercorrections under pressures of use; (b) There are HIPER occurrences that are justified by structural assumptions, such as ‘ja mais’ and ‘com pulsória’; (c) Occurrences of HIPO such as ‘tenque’, ‘oque’, ‘concerteza’, ‘derrepente’, and others, can be considered chunks; (d) Occurrences of HIPO as ‘derrepente’, ‘oque’, ‘agente’, ‘concerteza’ exhibit less analyzability, thus losing compositionality; (e) Cases of HIPO, such as, ‘derrepente’, ‘concerteza’, ‘oque’ tend to constructionalisation; (f) Occurrences of HIPO constructionalised as ‘concerteza’, ‘oque’, ‘derrepente’ e ‘agente’ (pronominal) due to token frequency, tend to establish themselves in the language; (g) The cases of both HIPO and HIPER are from grammatical motivation. It is intended to deepen the analysis in order to refine the classification of cases of hyposegmentation and hypersegmentation, using spontaneous writing texts of nineteenth-century Portuguese, in order to verify the tendency of the language to join segments, sometimes separating them, as has already occurred with some words as an example ‘portanto’ and ‘embora’. The research also addresses the cases in which non-conventional segmentation takes on a functional role in literacy writing, proving the plasticity to which the language tends.

Keywords: Segmentation, Constructionalization, Change and variation.


Lorrane da Silva Neves Medeiros Ventura

Título: Processamento de construções de tópico-comentário e sujeito-predicado no português no Brasil: língua orientada para a sentença, para o discurso ou mista?

Orientador:Prof. Dr. Marcus Antônio Rezende Maia

Coorientador(a):Prof(a). Dr(a). Aline Alves Fonseca

Páginas: 304


RESUMO

O presente estudo tem como objetivo investigar as estruturas de tópico-comentário e sujeito-predicado no PB, sob a luz da psicolinguística experimental, a fim de trazer suporte empírico que sustente a hipótese de que o PB seria uma língua mista, orientada tanto para a sentença quanto para o discurso, diferente do inglês, que é, indiscutivelmente, uma língua com proeminência de sujeito, orientada para a sentença (cf. LI & THOMPSON, 1976). Investigaremos estruturas de tópico geradas na base (tópico chinês), pois tais estruturas são prototípicas de uma língua onde a noção de tópico é importante e ausentes em uma língua onde a noção de sujeito é a dominante (cf. YAN, 1995), além de estruturas de tópicos geradas via movimentação sintática (topicalização). Para atingirmos nossos objetivos, preparamos um programa experimental visando aferir tanto a intuição dos participantes julgando as estruturas em questão, quanto o seu processamento cognitivo, através de técnicas on-line utilizando rastreamento ocular, tanto na leitura, quanto na audição e visualização de imagens, e técnicas off-line, utilizando uma escala Likert, numa plataforma digital. Também foi nosso objetivo nesta tese, verificar possível influência da tradição gramatical, durante a realização de experimentos julgando estruturas de tópico-comentário na leitura, em comparação com input auditivo, além de confrontar dados oriundos de julgamentos intuitivos de falantes nativos de PB com falantes nativos de inglês e falantes bilíngues, ao julgarem estruturas sintáticas equivalentes. O Experimento I, um teste de julgamento de aceitabilidade, demonstrou que o comportamento dos falantes de PB e de inglês foi significativamente diferente durante a tarefa proposta, o que indica que as línguas não se encaixam na mesma tipologia, quanto a sua orientação. O resultado do teste com o grupo bilíngue confirmou, ainda mais, as suposições iniciais, de que PB e inglês não enxergam o tópico da mesma maneira. O experimento II, um teste de paradigma de mundo visual, evidenciou que somos capazes de diferenciar, de maneira on-line, traços característicos das duas estruturas na língua. E o experimento III, que aferiu a leitura, demonstrou que, as estruturas de tópico-comentário apresentam uma recusa maior na escrita, por fatores diferentes daqueles que se referem a naturalidade ou não-naturalidade das estruturas de tópico-comentário. Tais resultados, em conjunto, sugerem que o PB deva ser caracterizado como uma língua onde ambos, tópico e sujeito, são noções importantes (cf. PONTES, 1987 entre outros).

Palavras-chave: Tópico, Português do Brasil, Língua mista.


ABSTRACT

The aim of this study is to investigate topic-comment and subject-predicate structures in BP, through the experimental psycholinguistics approach, in order to bring empirical support to the hypothesis that BP would be a mixed language (cf. LI & THOMPSON, 1976), in which both, topic and subject ideas are important. In other words, BP would be a discourse-oriented and sentence-oriented language, unlike English, that is, undoubtedly, a sentence-oriented language (cf. LI & THOMPSON, 1976). Base-generated topic structures (Chinese-style topic) will be investigated, because such structures are prototypical in a topic-prominent language, as Chinese, in which the topic notion is important, and absent in a language in which the subject notion is predominant, as English (cf. YAN, 1995), in addition to the topic structures generated through syntactic movememt (topicalization). To achieve our goals, we prepared an experimental program to assess both, the intuition of the participants during the sentence judgment tasks, as well as their cognitive processing, through online techniques using eye tracking, during reading, hearing and image visualization, and chronometric offline techniques, using a Likert scale, on a digital platform. It was also our objective in this thesis, to verify possible influence of the traditional grammatical rules, during the tasks of judging topic-comment structures in reading, in comparison to auditory input, in addition to confronting data from intuitive judgments of native speakers of BP to native speakers English and bilingual speakers, when judging the same syntactic structures. Experiment I, an acceptability judgment test, has demonstrated that the native speakers of BP and English behavior was different during the task, which can be an indicative that the languages are not the same, considering its typology. The bilingual group tested confirmed our initial assumptions that BP and English do not see the topic in the same way. Experiment II, a visual world paradigm test, has showed that participants are able to differentiate, in an online processing, typical cues of the two structures in the language. Moreover, experiment III, a reading test, has demonstrated that topic-comment structures present a greater refusal in writing, due to factors different from those that refer to the naturalness or unnaturally of the topic-commentary structures. These results together suggest that PB should be considered, as a language in which both, topic and subject are important notions (cf. PONTES, 1987 and others.

Keywords: Topic, Brazilian Portuguese, Mixed language


Marcela Branco da Silva Sousa

Título: Desenvolvimento Fonológico em Crianças com Transtornos do Espectro Autista

Orientador(a):Prof(a). Dr(a). Christina Abreu Gomes

Coorientador(a):Prof(a). Dr(a). Simone Aparecida Lopes-Herrera

Páginas: 101


RESUMO

O presente trabalho teve por objetivo observar como se dá o desenvolvimento fonológico em crianças diagnosticadas com Transtornos do Espectro Autista (TEA), entre 3 e 6 anos de idade, podendo situá-las em relação aos seus pares de outros grupos clínicos e de desenvolvimento típico considerados em estudos anteriores. Para isso, foi adotada a hipótese dos Modelos Baseados no Uso, os quais postulam que a construção do conhecimento fonológico se dá a partir do armazenamento no léxico das palavras que as crianças vão adquirido e organizado em redes de conexões baseadas em semelhanças sonoras e semânticas. Ou seja, é a experiência em falar e ouvir do indivíduo que permitirá a emergência desse conhecimento, estando esse processo associado, então, ao léxico. De acordo com esses modelos, a abstração da fonologia se dá gradualmente, tendo vários níveis de abstração. Para a coleta de dados foram utilizados o teste de vocabulário receptivo Peabody de Dunn & Dunn (1997), as provas de vocabulário expressivo e de fonologia do teste ABFW (ambas compostas por nomeação de figuras) de Wertzner, Andrade, Befi-Lopes e Fernandes (2000), subteste 5 do teste ITPA para memória sequencial auditiva, repetição de pseudopalavras de Esteves (2013) e gravação de fala espontânea. A análise dos dados obtidos a partir dos testes que foram realizados permitiu situar as crianças com TEA com seus pares diagnosticados com Atraso Simples de Linguagem, podendo concluir que essas crianças não apresentam prejuízos em níveis mais abstratos do conhecimento fonológico.

Palavras-chave: Aquisição Fonológica, Modelos Baseados no Uso, Transtornos do Espectro Autista


ABSTRACT

The present paper aimed to observe how phonological development occurs in children diagnosed with Autistic Spectrum Disorders (ASD), between 3 and 6 years old, being able to situate them in relation to their peers from other clinical groups and typical development considered in previous studies. For that, the Usage-Based Models hypothesis was adopted, which postulate that the construction of phonological knowledge emerges from the representation in a lexicon of the words that the children acquired organized in networks of connections based on sound and semantic similarities. In other words, it is the experience of speaking and listening to the individual that will allow the emergence of this knowledge, and this process is then associated with the lexicon. According to these models, phonology abstraction occurs gradually, with several levels of abstraction. For data collection, the Peabody receptive vocabulary test by Dunn & Dunn (1997), the expressive vocabulary and phonology tests of the ABFW test (both composed by naming figures) by Wertzner, Andrade, Befi- Lopes and Fernandes were used (2000), subtest 5 of the ITPA test for auditory sequential memory, repetition of pseudowords by Esteves (2013) and spontaneous speech recording. The analysis of the data obtained from the tests that were carried out made it possible to situate children with ASD with their peers diagnosed with Simple Language Delay, concluding that these children do not present deficits at abstract levels of phonological knowledge.

Keywords: Phonological Acquisition, Usage-Based Models, Autistic Spectrum Disorders


Nastassia Santos Neves Coutinho

Título: Os usos de de repente: uma análise diacrônica centrada no uso

Orientador(a):Prof(a). Dr(a). Maria Maura Cezario

Coorientador(a):Prof(a). Dr(a). Maria da Conceição de Paiva

Páginas: 132


RESUMO

Este trabalho tem o objetivo de apresentar uma análise diacrônica dos usos de de repente em dados coletados nos corpora do Corpus do Português (DAVIES; FERREIRA, 2006), de textos escritos do século XVI ao século XX e de textos orais do século XX, além de textos orais da Amostra Censo 2000 (PAIVA; DUARTE, 2003) e da Amostra Portvix (YACOVENCO et al, 2012), a fim de identificar o percurso histórico dos usos de de repente e as propriedades sintáticas e semântico-pragmático-discursivas das orações em que de repente está inserido. Utilizamos os pressupostos teórico-metodológicos da Linguística (Funcional) Centrada no Uso – que integra conhecimentos da Linguística Funcional Norte-Americana (cf. GIVÓN, 1990, 1995; HOPPER; THOMPSON, 1980; HEINE, 1991) e o embasamento teórico de abordagens construcionistas (cf. GOLDBERG, 1995, 2006; TRAUGOTT; TROUSDALE, 2013). A partir deste referencial teórico, investigamos a hipótese de que de repente sofreu construcionalização, em que houve a criação da construção modalizadora epistêmica de possibilidade, havendo mudanças no plano da forma (com alteração nas tendências posicionais e, consequentemente, do escopo sobre o qual de repente incide, dentre outras alterações) e no plano da função (de modificador do verbo para modalizador epistêmico de toda a asserção). Com base no pressuposto de que a gramática é formada por uma rede de construções, concebemos, após a análise dos dados, que há duas construções, ou seja, dois pareamentos forma-função no constructicon dos usuários do português do Brasil: a construção [de repente]advérbio de modo e a construção [de repente]modalizador epistêmico de possibilidade. Quando passa a adentrar a categoria dos modalizadores, [de repente]modalizador epistêmico de possibilidade traz a possibilidade ou expectativa da mudança da situação explicitada, representada em uma opinião ou uma dúvida. Dessa forma, está presente em um âmbito mais intersubjetivo dessa hipótese vir a ser cumprida (TRAUGOTT, 2010), o que altera a noção do imprevisto para uma previsibilidade conduzida pelo valor epistêmico do potencial de realização do evento.

Palavras-chave: Modelos Funcionais Baseados no Uso. Construcionalização. De repente.


ABSTRACT

This paper aims to present a diachronic analysis of the uses of de repente through data collected from the corpora of the Portuguese Corpus (DAVIES; FERREIRA, 2006), from texts written between the 16th century and the 20th century, and from oral texts from the 20th century, in addition to oral texts from the Amostra Censo 2000 (PAIVA; DUARTE, 2003) and from the Amostra Portvix (YACOVENCO et al, 2012), in order to identify the historical course of the uses of de repente and the syntactic and semantic-discursive properties of the sentences in which it is inserted. We applied the theoretical and methodological assumptions of the Usage- Based (Functional) Linguistics – which integrates conceptions of the North-American Functional Linguistics (cf. HOPPER, 1987, 1991; GIVÓN, 1990, 1995; THOMPSON, 1980; HEINE, 1991), and the theoretical basis of constructionist approaches (cf. GOLDBERG, 1995, 2006; TRAUGOTT; TROUSDALE, 2013). Based on this theoretical framework, we investigated the hypothesis that de repente underwent constructionalization, in which there was the creation of the epistemic modalizing construction of possibility, presenting changes in its form (with modification of positional tendencies and, consequently, in the scope on which de repente falls, among other alterations) and in its function (from verb modifier to epistemic modalizer of the entire statement). Resting on the assumption that grammar is formed by a network of constructions, we conceived, after analyzing the selected data, that there are two constructions, that is, two form-function pairings in the constructicon of Brazilian Portuguese users: the construction [de repente]adverb of manner, and the construction[de repente]epistemic modalizer of possibility. When it starts to enter the category of the modalizers, [de repente]epistemic modalizer of possibility brings the possibility or the expectation of change in an explicit situation, represented as an opinion or a doubt. Thus, it is present in a more intersubjective scope of this hypothesis to be fulfilled (TRAUGOTT, 2010), which alters the notion of the unforeseen to a predictability driven by the epistemic value in the potential of the event to occur.

Keywords: Usage-Based Linguistics. Constructionalization. De repente.


Sara Bezerra dos Santos Ribeiro

Título: On the processing and comprehension of temporal connectives in complex sentences

Orientador: Marcus Antonio Rezende Maia

Páginas: 208


RESUMO

This dissertation aims at investigating the processing and comprehension of temporal connectives in complex sentences, in Brazilian Portuguese. This is the first study to investigate temporal connectives such as before, after and when in the theoretical framework of Experimental Syntax in Brazil. The specific objective is to verify the reading patterns and strategy readers use to process and interpret two-clause sentences composed of those connectives. The literature has shown that linguistic factors such as clause order, connective type and the ordering of events may influence the ease of processing and comprehension of adverbial clauses. We conducted an eye-tracking experiment and two self-paced reading experiments to test the main clause hypothesis, which says the main clause is more readily available than the subordinate clause and the iconicity hypothesis, which says chronological sequence eases processing and comprehension of temporal sentences. We also verified whether the connectives antes (before) and depois (after) would present differences in the processing and comprehension of complex sentences. In addition, we tested whether processing and comprehension of the temporal terms would be facilitated in sentences with constrained events. Our results indicated that the main clause loses its privilege and the semantic relation expressed by the order of events affects both processing and comprehension. The constraints of sentences seemed to hinder processing and comprehension. Our results provide evidence in favor of the order of mention account which states that when the mapping between order of linguistic mention and the actual order of events is isomorphic processing and comprehension are facilitated.

Palavras-chave: Temporal connectives, complex sentence processing, complex sentence comprehension, order-of-mention, experimental syntax.



Tiago José Freitas Batista

Título: Linguagem em Desfile: Discurso em carnavais de Milton Cunha

Orientador(a): Tania Conceição Clemente de Souza

Páginas: 133


RESUMO

A proposta dessa pesquisa de doutorado é apresentar um olhar outro dentro da linguística, o de fora dos domínios estruturais, que pensa a língua(gem) não como análise de conteúdo, mas a sua discursividade e seu funcionamento nas relações de efeitos e sentidos. Como objetivo geral, esta tese pretende analisar a linguagem das Escolas de Samba através do discurso e imagem de Carnavais assinados pelo carnavalesco Milton Cunha. Como objetivos específicos, a investigação busca: I-analisar o funcionamento da obra carnavalesca do artista, através das formações ideológicas e dos efeitos e sentidos exarados da sua concepção – do texto mestre - à sua execução, na avenida; II- discutir o texto verbal e a imagem em funcionamento da obra de Milton Cunha pela perspectiva da Análise de Discurso Francesa e III-debater a perspectiva do silêncio e seus gestos e corpo, em acontecimentos da vida (histórico) e obra (político) do carnavalesco. A tese, como propositura teórica que levantamos passa pela seguinte formulação: o artístico concebe material para análise, para tal, os aparatos da Análise de Discurso possibilitam o estudo do funcionamento da linguagem através do verbal e do não-verbal. O artístico pelo artístico é superado quando se vai além da confecção de fantasias e alegorias, isso porque a análise via Análise de Discurso compreende e possibilita gestos de interpretação dessa criação, no/pelo algoritmo da língua(gem). Os desfiles de Milton Cunha, através de sua textualidade e das suas imagens comprovam que desfilar é politizar, e isso independe de classificação e resultados da apuração porque a linguagem que se institui é outra, a de transgredir a ordem. Com a Análise de Discurso Francesa de foco e filiação em Michel Pêcheux, Eni Orlandi e Tania Souza estando presente no arcabouço teórico da tese, está exposto nas próximas páginas que os sentidos do Carnaval vão além de mero palco de espetáculo cultural, o que está dito é que na e pela linguagem o Carnaval é fonte de estudos que oferta material de múltiplos cenários, possibilitando inúmeras análises, como as que aqui foram trabalhadas pelo viés da linguagem e seu funcionamento na avenida Marquês de Sapucaí.

Palavras-chave: Análise de Discurso, Carnaval, Milton Cunha, Ideologia, Imagem, Silêncio.


ABSTRACT

The purpose of this doctoral research is to present a different look within linguistics, from outside the structural domains, which thinks of language(gem) not as content analysis, but its discursiveness and its functioning in the relations of effects and meanings. As a general objective, this thesis intends to analyze the language of the Samba Schools through the discourse and image of Carnivals signed by the carnival artist Milton Cunha. As specific objectives, the investigation seeks: I-to analyze the functioning of the artist's carnival work, through the ideological formations and the effects and meanings drawn from his conception – from the master text – to its execution, on the avenue; II - discuss the verbal text and the image at work in Milton Cunha's work from the perspective of French Discourse Analysis and III - discuss the perspective of silence and its gestures and body, in life events (historical) and work (political) of the carnivalesque. The thesis, as a theoretical proposition that we raise, goes through the following formulation: the artistic conceives material for analysis, for such, the Discourse Analysis apparatuses enable the study of the functioning of language through the verbal and the non-verbal. The artistic by the artistic is surpassed when one goes beyond the making of fantasies and allegories, because the analysis via Discourse Analysis understands and enables gestures of interpretation of this creation, in/by the language algorithm (gem). Milton Cunha's parades, through their textuality and their images, prove that parading is politicizing, and this does not depend on classification and results of the investigation because the language that is instituted is another, that of transgressing order. With the French Discourse Analysis of focus and affiliation with Michel Pêcheux, Eni Orlandi and Tania Souza being present in the theoretical framework of the thesis, it is exposed in the following pages that the meanings of Carnival go beyond a mere stage of cultural spectacle, what is said is that in and through language, Carnival is a source of studies that offer material from multiple scenarios, enabling countless analyses, such as those worked here from the perspective of language and its functioning on Avenida Marquês de Sapucaí.

Keywords: Discourse Analysis, Carnival, Milton Cunha, Ideology, Image, Silence.

Agências de Fomento